Pistão
Pistão

Pistão

O pistão é o coração do ciclo de funcionamento que faz com que um automóvel se movimente e, para trabalhar em conjunto com as outras peças, utiliza a força gerada pela expansão do combustível queimado. É assim que as bielas fazem a árvore de manivelas girar, criando o movimento para carros, motos e caminhões em todo o mundo.

O pistão do motor é indiscutivelmente a parte mais ativa de um veículo, pois ele deve resistir a situações de calor extremo, atrito constante e até mesmo inércia prolongada. Sem falar de todas as vibrações causadas pelo movimento do virabrequim, do comando de válvulas e das bielas, componentes que atuam em sincronia com os pistões.

Para se ter uma ideia da importância deles, estamos falando de todo um sistema complexo que precisa estar perfeitamente equilibrado para garantir justamente que nenhuma vibração indesejada sobrecarregue o pistão do motor. Não é à toa que essa é uma das peças que mais exige atenção e mão de obra qualificada quando o assunto é reparação automotiva, mesmo que, em termos mecânicos, seu funcionamento seja simples.

Funciona assim: dentro do cilindro, o pistão desce e abre espaço para a mistura de ar e combustível entrar. Em seguida, ele sobe, pressionando essa mistura. Quando a pressão atinge seu ponto máximo, a vela de ignição gera uma faísca, aumentando repentinamente a temperatura e gerando a explosão da mistura, que empurra o pistão novamente para baixo e força o movimento de todas as outras peças.

Só que quando a mistura de ar e combustível é inflamada pela vela de ignição, uma onda de chamas se propaga através da câmara de combustão em velocidades extremas, ocasionando um aumento bastante radical da temperatura.

Isso porque, para assegurar o bom funcionamento do pistão do motor, é necessário que ele seja instalado com precisão, respeitando a folga milimétrica que deve existir entre o pistão e a camisa de cilindro. É essa folga que vai permitir que os anéis de pistão cumpram seu papel de vedar a câmara de combustão enquanto suportam o calor extremo e a fricção causados pelos movimentos do pistão.

https://blog.riosulense.com.br/entenda-o-papel-do-pistao-do-motor-novo-lancamento-da-rio/