Óleo-de-Motor
Óleo-de-Motor

Óleo de Motor

Além de ser responsável pela lubrificação, o óleo atua na prevenção do desgaste, da oxidação e da corrosão das peças do motor. Dessa forma, o componente garante o bom desempenho do propulsor e evita prejuízos para o motorista. A lubrificação errada, no entanto, pode significar a redução da performance do automóvel, o aumento no consumo de combustível e até mesmo a fundição do motor!

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a função do óleo não se limita a apenas lubrificar as peças móveis do motor, como pistões e bielas. Na prática, um bom óleo também deve diminuir o desgaste das peças ao longo do tempo, auxiliar na refrigeração dos componentes mais quentes e ainda vedar o motor contra uma possível passagem dos gases provenientes da combustão.

A troca de óleo é indispensável a cada 10 mil quilômetros rodados, mas a manutenção também tem que ser feita em veículos que praticamente não rodam, pois, o lubrificante tem validade e perde o desempenho.

os óleos são classificados em categorias:

  • mineral: é produzido a partir da mistura de óleo mineral proveniente do refino do petróleo e aditivos, utilizado em motores a gasolina e diesel.
  • sintético: produzido em laboratórios, é uma combinação de óleo sintético e aditivos, utiliza-se na composição substâncias como ésteres, resinas, silicones entre outros. Ideal para veículos com motores modernos.
  • semissintéticos:compostos por aditivos e uma mistura proporcional de óleo mineral e sintético.

Cada tipo de motor tem uma característica e é necessário seguir as recomendações do fabricante para efetuar a troca do óleo e garantir sua funcionalidade. O óleo tem que cumprir exigências dos órgãos fiscalizadores, obter todos os níveis de desempenho (API, ACEA OU ILSAC) e homologações para atender as montadoras e determinados modelos de veículos.

As principais características dos óleos lubrificantes são a viscosidade, o índice de viscosidade e a densidade.

viscosidade é medida pela forma como o óleo escoa, ela não é constante variando de acordo com a temperatura do mesmo, quanto mais alta a temperatura menor a viscosidade. O índice de viscosidade mede a variação da viscosidade com a temperatura. E a densidade indica a relação entre a densidade do óleo e a densidade da água.

https://blog.riosulense.com.br/troca-de-oleo-do-motor-tudo-o-que-o-mecanico-precisa-saber/

https://blog.riosulense.com.br/linha-pesada-como-escolher-o-melhor-oleo-lubrificante-para-motores-diesel/

https://blog.autenticaweb.com.br/lubrificante-automotivo-informacoes-relevantes-a-respeito-deste-produto/